Home / LITERATURA / Secretaria de Educação do Tocantins distribui mais de um milhão de livros para os acervos das bibliotecas escolares

Secretaria de Educação do Tocantins distribui mais de um milhão de livros para os acervos das bibliotecas escolares

São livros de literatura brasileira e internacional, obras de suporte para os professores sobre variados temas

Como forma de renovar o acervo das bibliotecas escolares, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), está distribuindo 1 milhão 349 mil e 867 livros de literaturas brasileira e internacional, e de livros de apoio para os professores. Nessa aquisição foram investidos mais de R$ 49 milhões.  

O objetivo da Seduc é promover a leitura, já que os estudantes vêm de uma realidade de quase dois anos sem aulas presenciais, por causa da pandemia da covid-19. E atualmente, todas as 496 escolas da rede pública estão ofertando aulas de forma presencial. 

A professora Markes Cristiana Oliveira dos Santos superintendente de Educação Básica explicou que foi realizada uma consulta com as escolas para saber quais obras deveriam ser escolhidas. “Adquirimos livros conforme o direcionamento pedagógico das modalidades de ensino fundamental e médio. Com isso, os estudantes terão acesso aos livros que integram os conteúdos que estão estudando”, frisou. 

O Centro de Ensino Médio Taquaralto recebeu uma média de cinco mil volumes. O coordenador da biblioteca, Marcondes Morgado dos Santos, falou da satisfação de ter recebido tantos livros. “Fazia tempo que não renovávamos o nosso acervo, e o mais interessante é, que desta vez, vieram vários volumes do mesmo autor, o que será possível, fazer um excelente trabalho com a turma”, ressaltou. 

Leitura à vista

A professora de Língua Portuguesa, Vanessa Rita de Jesus Cruz, do CEM Taquaralto, explicou que os livros serão utilizados conforme a escola literária, a qual está sendo apresentada para os alunos. “Observamos que chegaram livros que compõe o modernismo, estilo literário que estamos estudando e já vamos indicar a leitura do livro Senhora, de José de Alencar. E com esses novos livros, poderemos propor rodas de conversas para abordar os seus conteúdos e apresentações de teatro interpretando os personagens estudados”, falou de forma animada, a professora Vanessa. 

A estudante Isabella Caroline Borges Pereira, 16 anos, aluna da 2ª série do ensino médio, contou que está animada para conhecer melhor os livros. “Desta forma, a escola está nos incentivando a ler mais”, frisou.

A estudante Myrella de Sousa Silva, 16 anos, também da 2ª série do ensino, contou que no período de aulas remotas aproveitou para reler os livros que tinham em casa. “Eu estava com vontade de ler o livro Escrava Isaura e vi que foi um das obras que veio para a escola. Estamos com mais vontade de ler, a leitura desperta o conhecimento, ajuda a nos comunicar melhor e a conhecer muitas histórias”, comentou a aluna Myrella.

Isabela Alves de Carvalho, 16 anos, também estudando a 2ª série do ensino, contou que nesse período de aulas remotas, leu o livro O Auto da Compadecida e gostou muito. “Estou me sentindo animada para ler os livros com as colegas”, afirmou.

E para os estudantes João Vitor Pereira de Deus, 17 anos, e Mickael Nathan Guida da Conceição, 16 anos, ter contato com os livros que a escola recebeu proporcionou uma curiosidade para folheá-los e ler mais. 

Livros 

Foram adquiridos livros de literatura clássica brasileira e internacional como volumes de Senhora, de José de Alencar, O Morro dos ventos uivantes, de Emily Bronte, livros de Pedro Bandeira, obras de Machado de Assis, livros de poesias e kits literários para os alunos que estão matriculados na Educação de Jovens e Adultos, entre outros.

Os livros de suporte serão destinados a serem utilizados no desenvolvimento de projetos de leitura, com temas ligados à ecologia, cidadania, comportamentos, guia, prática sobre drogas, educação financeira, redação e interpretação de textos, consumo consciente, educação ambiental, história afro-brasileira e indígena, e educação musical. 

As escolas estão catalogando os livros, e estes serão utilizados nos diversos projetos de leitura e de interpretação de textos, desenvolvidos pelos servidores das bibliotecas e os professores de Redação e de Língua Portuguesa. 

Revisão Textual: Karleane Rodrigues Ferreira/ Governo do Tocantins

Foto: Marcio Vieira/Governo do Tocantins

Você pode Gostar de:

Inscrições para a 2ª Corrida da Unitins estão abertas

Evento esportivo será realizado no dia 12 de março, em Palmas A Universidade Estadual do …

Pesquisa aponta que mais de 70% dos turistas que visitam o Jalapão pretendem retornar

Levantamento foi realizado em 2022, nos principais atrativos como a Cachoeira do Formiga e Fervedouro …

Cia Art’Sacra abre inscrições para a Paixão de Cristo 2023

Cia Art’Sacra abre inscrições para a Paixão de Cristo 2023 A Cia de Teatro Art’Sacra …

BRASIL GASTRONOMIA: Roteiros turísticos da cachaça movimentam turismo em destinos brasileiros

Além do vinho, do café e das cervejas especiais, a cachaça, patrimônio cultural do Brasil, …

O Ministério da Cultura e BB lançam edital de R$ 150 mi para financiar projetos

A ministra da Cultura, Margareth Menezes, anunciou nesta segunda-feira (16/1) o lançamento de um novo edital, …

Narubia Werreria é nomeada secretária dos Povos Originários e Tradicionais do Tocantins

Diário Oficial do Estado desta terça-feira, 17, trouxe a nomeação das novas gestoras das pastas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *