Home / TURISMO SUSTENTÁVEL / Governo do Tocantins e Marinha do Brasil assinam Termo de Parceria para realização do levantamento no lago da UHE Luiz Eduardo Magalhães

Governo do Tocantins e Marinha do Brasil assinam Termo de Parceria para realização do levantamento no lago da UHE Luiz Eduardo Magalhães

Levantamento Hidrográfico subsidiará a elaboração da Planta Batimétrica do Lago da UHE Luiz Eduardo Magalhães

O Governo do Tocantins, por meio Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), e a Marinha do Brasil assinam nesta quinta-feira, 26, às 8 horas, na sede Marinha, o Termo de Parceria para a realização dos trabalhos do Levantamento Hidrográfico a fim de subsidiar a elaboração da Planta Batimétrica do Lago da UHE Luiz Eduardo Magalhães, no trecho entre a Praia das Arnos até o Aeroporto de Palmas nas duas margens do lago.

A Planta Batimétrica é o resultado final dos trabalhos previstos para ficar pronto em outubro de 2022. Este documento permitirá que nessa parte do lago seja realizado o balizamento que é a sinalização de segurança para os usuários do lago.

A segurança dos usuários do lago é tanto para a comunidade local como também para o desenvolvimento da atividade turística. A partir do balizamento/sinalização será possível captar eventos náuticos nacionais e internacionais. A capital Palmas e Porto Nacional contará com mais infraestrutura para fortalecer o turismo de negócios e eventos.

Parceria

A Marinha do Brasil disponibilizou sete profissionais que realizarão os trabalhos nos próximos 45 dias. Os trabalhos são resultado da articulação do secretário de Estado da Sectur, Hercy Filho, que entendeu que o lago é um dos maiores atrativos turísticos da Região Serras e Lago, mas que precisa ser estruturado. Também é uma demanda antiga dos representantes empresariais do turismo.

“Esse documento é de fundamental importância para um melhor aproveitamento do lago com segurança para realização de grandes eventos esportivos e turísticos”, explicou o secretário Hercy Filho, ressaltando que com a Planta Batimétrica será possível explorar melhor os potenciais do lago com mais segurança, associados a outros atrativos turísticos da região central. “Com esse documento poderemos atrair grandes eventos para o Tocantins, gerando mais empregos e renda para a sociedade, conforme preconiza o governador Wanderlei Barbosa”, destaca.

O documento é resultado de uma solicitação do Governo do Tocantins, por meio da Sectur, junto a Marinha do Brasil para que uso do lago possa ser navegável para fins de fomentar a cadeia do turismo, considerando que a capital Palmas tem uma localização privilegiada e uma logística de transporte de acessibilidade, além de uma rede hoteleira confortável e de qualidade. A ideia do Governo do Tocantins, com a finalização do documento, é atrair grandes eventos nacionais e internacionais e para uso de lazer seguro para população.

Edição: Cláudia Peixoto

Você pode Gostar de:

BRASIL: TURISMO DE OBSERVAÇÃO

Observação de baleias movimenta turismo em estados litorâneos do país Cidades do Nordeste e do …

MTur estende prazo para conclusão do curso de Gestor de Turismo

Inscritos têm agora até o dia 30 de dezembro de 2022 para terminar a qualificação …

Tocantins: Folias do Divino de Natividade retorna após dois anos de pausa devido a pandemia

Celebração antecede a celebração da Festa do Divino Espírito Santo A tradicional chegada das Folias …

MUNDO: França país mais visitados do mundo

 França Há anos o país mais visitado do mundo, a França justifica sua preferência entre …

BRASIL: Lançado o processo seletivo para o Curso Técnico em Arte Circense da Escola Nacional de Circo – 2022/2024

O edital é realizado por meio de uma parceria entre a Funarte e o Instituto …

ANCINE lança linha de crédito de R$ 215 milhões para estimular a aceleração do crescimento do setor audiovisual

Recursos do FSA poderão ser usados para financiar investimentos em inovação, acessibilidade, infraestrutura e capital …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *