Home / GASTRONOMIA / Concurso Enchefs seleciona os melhores profissionais de gastronomia do Tocantins

Concurso Enchefs seleciona os melhores profissionais de gastronomia do Tocantins

O concurso gastronômico Festival Enchefs Tocantins 2022 está com inscrições abertas para chefs de cozinha, cozinheiros e profissionais de coquetelaria. As inscrições podem ser feitas pelo site https://doity.com.br/concursoenchefsto2022, até a próxima sexta-feira, 10. Os finalistas serão anunciados no dia 16 de junho. Eles terão de passar por prova prática no Senac Tocantins, que será realizada no dia 25 de junho, data e local em que será anunciado também o resultado final do concurso.

Para concluir e validar a inscrição, após o preenchimento dos dados no site, o(a) inscrito(a) deverá enviar o currículo, uma foto pessoal com qualidade e a receita de um prato de criação própria, com foto, para o e-mail: concurso.festivalenchefsto@gmail.com. A realização é do Instituto Multidisciplinar e mais informações, bem como o regulamento completo, também podem ser acessadas no Instagram e Facebook do Instituto.

Para participar, é necessário ser brasileiro (a) e ter idade mínima de 18 anos, ser nascido (a) e ter residência fixa no Tocantins nos últimos três anos. É importante ser profissional atuante no mercado, podendo ser autodidata ou ter formação em curso profissionalizante, tecnológico superior, ou superior para categoria chef profissional e coquetelaria; e ter quatro anos ou mais de experiência profissional, comprovado através de currículo ou carteira profissional ou declaração.

O Concurso aceitará receitas autorais e as já existentes, desde que seja citada a informação, se houver registro. Em caso de qualquer informação inverídica o(a) inscrito(a) será eliminado(a) do concurso.

Prêmio

O evento é realizado em todos os estados brasileiros e tem a coordenação estadual da chef embaixadora Ruth Almeida, do Raízes Gastronômicas. A seletiva vai escolher três pessoas para representar o Tocantins na cerimônia do Prêmio Nacional Dólmã, que neste ano acontecerá em Macapá (AP), no mês de agosto.

Segundo Ruth Almeida, a proposta tem o tema do evento neste ano é “Sabores e Saberes” e é de mobilizar os chefs de cozinha/cozinheiros e os profissionais da coquetelaria a valorizarem as suas atividades, através de uma titularidade de reconhecimento estadual.

Ainda segundo a chef de cozinha, a proposta é também de mobilizar todos os profissionais, através do uso de insumos típicos regionais, a valorizar a história, a cultura, o turismo e a economia local, tendo como elo a gastronomia. “O Tocantins é um estado de muitas riquezas de temperos, raízes e produtos. O Cerrado nos proporciona sabores que nos proporcionam uma vasta diversidade de receitas e esse concurso pretende descobrir outros profissionais que reconheçam essa riqueza na nossa gastronomia, de valorização da nossa história e cultura”, complementa a chef de cozinha e consultora em gastronomia, que foi vencedora da seletiva estadual em 2017, com o título de Embaixadora da Gastronomia do Tocantins, e do concurso nacional no ano passado, faturando a vaga de Embaixadora Nacional da Gastronomia.

Concurso

As seletivas estaduais acontecem via concurso aberto em todos os estados brasileiros e a seletiva nacional é feita via indicação dos demais embaixadores do Brasil. Atualmente, o País conta somente sete embaixadores nacionais, que têm a missão de difundir, valorizar e divulgar as riquezas da gastronomia dos estados brasileiros e do Brasil.

A titularidade de Chef Embaixador é vitalícia e representa a evolução do status da profissão de cozinheiro que passa a ter representação de estado, como também tem a responsabilidade de influenciar e motivar diretamente outros profissionais a se tornarem e verem como agentes de cultura, turismo e desenvolvimento econômico.

Atualmente, são Embaixadores Nacionais os chefs César Santos (Pernambuco) Paulo Machado (Mato Grosso do Sul), Beto Pimentel (Bahia), Mônica Rangel (Rio de Janeiro), Cumpade João (Paraíba) e Mãe Neide (Alagoas) e Ruth Almeida (Tocantins).

O Enchefs é uma preparação do Prêmio Dolmã, considerado o Oscar da Gastronomia no Brasil. A honraria máxima da gastronomia brasileira é realizada pelo Instituto Multidisciplinar e foi idealizada pelo gerente de projetos e presidente do Grupo Conforto Gastronômico, Geraldo Guerra Junior, em junho de 2013.

A ideia surgiu após um estudo de mercado que identificou a existência de uma demanda reprimida a respeito de um modelo de premiação que, em um único momento, envolvesse profissionais de cozinha de todos os estados brasileiros.

–Crédito da foto: Tony Suity/ DivulgaçãoSugestão de legenda: Chef Ruth Almeida é coordenadora estadual do Enchefs–
Cinthia Abreu
(63) 9 8427-1805


Cinthia Abreu

Você pode Gostar de:

AFROTURISMO: Rotas Negras: Grupo interministerial se une para promover e desenvolver o Afroturismo no Brasil

Grupo de Trabalho composto por representantes de ministérios e outros órgãos do governo federal trabalharão …

QUALIFICAÇÃO: MTur oferta 55 vagas em cursos gratuitos de gastronomia

OMinistério do Turismo disponibilizou mais oportunidades em cursos na área de gastronomia. Nessa nova oferta, …

Folias de Reis são tradição centenária na cultura popular brasileira

Festejos marcam o Dia de Reis, celebrado neste sábado (6) O Dia de Reis, celebrado …

VEM 2024 Dezoito feriados prometem movimentar o turismo nacional no ano que vem

Quatorze cairão em dias de semana. Portaria publicada no Diário Oficial da União indica os …

BRASIL: Centro-Oeste promove riquezas culturais e naturais no Salão Nacional do Turismo

OCentro-Oeste é formado por um cenário único, abrigando flora e fauna peculiares. As imponentes belezas …

Paul McCartney transforma Clube do Choro, em Brasília, no Cavern Club

Realeza do rock faz show surpresa em templo do chorinho Cerca de 500 pessoas tiveram …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *