Home / LITERATURA / Academia Brasileira de Cultura dá posse a 13 novos membros

Academia Brasileira de Cultura dá posse a 13 novos membros

Margareth Menezes, Sonia Guajajara e Liniker são destaques

A Academia Brasileira de Cultura (ABC) realizou nesta quarta-feira (14), no campus da Fundação Cesgranrio, no Rio de Janeiro, a cerimônia de posse dos 13 novos membros da instituição. No evento, os destaques foram as ministras Sonia Guajajara e Margareth Menezes, dos Povos Indígenas e da Cultura, respectivamente, e a artista Liniker, a primeira mulher trans a assumir um lugar na ABC.

Os outros nomes que fazem parte desse novo grupo são: Alcione, Daniela Mercury, Glória Pires, Conceição Evaristo, Viviane Mosé, Juma Xipaia, José Luiz Ribeiro, Vanessa Giácomo, Antenor Neto e Luana Xavier. Eles se juntam aos outros membros mais antigos, como Ana Botafogo, Zeca Pagodinho, Fátima Bernardes, Elisa Lucinda, Christiane Torloni, Lilia Cabral, Ney Latorraca, Beth Goulart, Rosamaria Murtinho, Gabriel Chalita e o maestro Isaac Karabtchevsky.

A ministra Margareth Menezes ganhou assento na Cadeira 28, que tem como patrono a cantora Emilinha Borba. A Cadeira pertencia antes à cantora Elza Soares, que morreu em janeiro do ano passado.

“Essa academia traz representatividade, cultura mais ampla e se torna um símbolo do povo brasileiro”, disse Margareth.

A Cadeira de número 16 vai ser ocupada pela ministra Sonia Guajajara e tem como patrono um integrante do mesmo povo, Paulo Paulino Guajajara, assassinado em 2019 no Maranhão.

Rio de Janeiro (RJ), 14/11/2023 - A ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, toma posse com artitas nomeados na Academia Brasileira de Cultura. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Rio de Janeiro (RJ), 14/11/2023 – A ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, toma posse com artistas nomeados na Academia Brasileira de Cultura. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

“É muito significativo eu estar aqui. Para nós, cultura significa vida”, disse a ministra.

A Academia Brasileira de Cultura foi criada em 2021 para fortalecer o setor cultural do país. Ela é presidida pelo educador Carlos Alberto Serpa. O número total de membros é de 56. A missão da instituição é reunir personalidades de diferentes setores artísticos e promover a valorização da memória cultural brasileira.

“Estamos imensamente felizes por ter congregado personalidades tão diversas de nossa cultura. Acreditamos que nossos ideais não apenas sobreviverão, mas florescerão. Com nossas mãos entrelaçadas e beneficiados por nossa rica experiência em diversas esferas culturais, trabalharemos incessantemente para tornar a cultura uma presença eterna na vida de nossos compatriotas. Nosso compromisso é proteger e incentivar a todos que, como nós, dedicam suas vidas à cultura em suas múltiplas formas. Unidos, nascemos com um ideal sólido e coeso”, disse Carlos Alberto Serpa, presidente da Academia Brasileira de Cultura.

Edição: Marcelo Brandão

Você pode Gostar de:

AFROTURISMO: Rotas Negras: Grupo interministerial se une para promover e desenvolver o Afroturismo no Brasil

Grupo de Trabalho composto por representantes de ministérios e outros órgãos do governo federal trabalharão …

Governo do Tocantins orienta sobre regras de visitação aos atrativos do Jalapão durante o Carnaval

Além das novas regras de visitação que estão em vigor, turistas devem observar os cuidados …

Pesquisa do Ministério do Turismo aponta o Jalapão como um dos destinos mais desejados pelos brasileiros em 2024

Levantamento também mostra que o Jalapão é um dos destinos turísticos mais conhecidos Uma pesquisa …

QUALIFICAÇÃO: MTur oferta 55 vagas em cursos gratuitos de gastronomia

OMinistério do Turismo disponibilizou mais oportunidades em cursos na área de gastronomia. Nessa nova oferta, …

Capim-dourado é destaque em ensaio da escola de samba Unidos do Viradouro, no Rio de Janeiro

Coroa faz parte do acervo do Governo do Tocantins e foi usada pela madrinha de …

Governo do Tocantins cria Rota Turística da região central do Estado e institui distrito de Taquaruçu como Rota Estadual do Turismo Ecológico, Gastronômico, Cultural e de Aventura

Rotas devem estimular o desenvolvimento das atividades turísticas da região central do Estado O rico …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *