Home / GUIA RURAL / CAPITAL dos IPÊS Araguaína Tocantins

CAPITAL dos IPÊS Araguaína Tocantins

COMEÇOU A TEMPORADA DOS IPÊS Olha só como está a CAPITAL dos IPÊS no Tocantins, por todas as partes da cidade você pode deslumbrar e tirar a quela foto!!! uma Formosura sem fim….Tem uma infinidade de cores Amarelo RoxoBranco Rosa Araguaína a cidade que mais tem Ipês plantado no Tocantins.Segundo pesquisa realizada Venha conhecer a Capital dos Ipês

Florada dos ipês enfeita as avenidas de Araguaína

Os ipês, todos os anos neste período, fazem uma verdadeira exposição, apreciada por muitos.
“Nos prendemos na diversidade de cores e na inexplicável beleza das flores e nem paramos para imaginar que se estão aqui, certamente, foram plantadas por alguém.

O FLORESCIMENTO DOS IPÊS

O período seco já tem atuado em algumas partes do nosso país, principalmente na região Centro-oeste, Nortee nordeste, e nesse período ocorre um dos eventos mais belos da natureza brasileira, a floração dos ipês, árvore símbolo do Cerrado. Essas árvores têm diferentes cores, roxo (variações do rosa), rosa, branco e o mais comum o amarelo.Com a queda da umidade relativa do ar, copas amarelas, rosas, roxas e brancas tomam a paisagem e fazem refletir aqueles que encaram a seca apenas como tempo cinzento de queimadas e vegetação marrom. As cores vibrantes do gênero Tabebuia spp., composta pelas variedades da planta, irrompem de junho a setembro. Eles costumam florir em meses diferentes em algumas regiões:
·         Junho e julho: ipê-roxo
·         Julho e agosto: ipê-amarelo
·         Fim de agosto: ipê-rosa
·         Setembro: ipê-branco e ipê amarelo
Nota: Nem sempre a florada dos ipês segue exatamente estas datas, pois a influência do clima é determinante para que as árvores entrem em período de reprodução.

As floradas costumam durar uma semana, em média, e variam conforme a pouca concentração de água na atmosfera. No caso do amarelo, ele pode se estender por até 10 dias e tem duas edições: uma após a do roxo, aproximadamente em julho, e outra em setembro, quando se anuncia a chegada da temporada de chuva. Ao fim desse período as árvores produzem frutos secos, do tipo cápsula, que quando maduras liberam sementes com alas a longas distâncias.

Pé de Ipê

André e Andrade

Eu nasci no mês de agosto
No mês da flor do ipê
Os campos ficam floridos
Que da gosto a gente ver
Mas para mim é tristeza
Não posso me compreender
Que eu nasci no mês de agosto
Mas foi só para sofrer, ai, ai, ai

Da minha infância querida
Eu não consigo esquecer
Na porta da minha escola
Um lindo pé de ipê
Na hora do meu recreio
Ali eu me descansava
Parece que a flor dizia
Que a minha infância terminavca, ai, ai, ai,

Logo veio a mocidade
Pequenos dias risonhos
Passou na velocidade
De um terminadinho sonho
Transformando o meu sorriso
Num triste e amargo pranto
Que chora ao ver no presente
Esses meus cabelos brancos, ai, ai, ai

Agora velho e cansado
Me resta pouca lembrança
Olho pro campo da vida
Pequenas rosas balançam
No mês de agosto eu vejo
Os lindos pés de ipês
As flores nascem de novo
Só eu não volto a nascer, ai, ai, ai

Você pode Gostar de:

Funarte lança concurso com prêmios de R$ 40 mil para o setor musical

Prêmio Funarte Festivais de Música 2021 abre inscrições a partir do dia 17 de setembro …

Governo do Tocantins publica lista provisória para 14º Salão do Artesanato

Relação com os nomes dos selecionados pode ser conferida no Diário Oficial do Estado e …

Brasil recebe mais de 50 medalhas em “olimpíada” mundial de queijo

Produtos de Minas Gerais e de São Paulo foram os mais premiados. País alcançou 2º …

Ecoturismo e Aventura no Tocantins.

O Tocantins é o paraíso para quem gosta de natureza e de sentir adrenalina nas …

Sistema Nacional de bibliotecas públicas – SNBP renova Acordo de Cooperação Técnica e oferece às bibliotecas públicas brasileiras acesso gratuito à plataforma Metabooks pelos próximos três anos

Foi publicado no Diário Oficial da União, do dia 16 de agosto de 2021, o …

Temporada de cruzeiros no país

Em face das recentes notícias veiculadas por alguns órgãos de imprensa, o Ministério do Turismo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *